Série: Trabalhando na Disney! – entretenimento

E lá vem mais um depoimento de ex-Cast Member! Trabalhando na Disney!

Vocês estão acompanhando a nossa série sobre cast members? Este já é o quinto post sobre o tema! Já explicamos detalhadamente sobre o programa e como se faz para participar do processo de seleção nesse post aqui, e já compartilhamos da experiência de outras três meninas que viveram esse sonho, aquiaqui e aqui.

Desta vez a Patrícia, que trabalhava com entretenimento (ou seja, em contato direto com personagens, paradas e shows, olha que DEMAIS!) deu o seu relato!

.

Série: Trabalhando na Disney! – entretenimento

Pode perguntar para qualquer pessoa que me conheça: “O que a Patty acha da Walt Disney World?”, e 90% delas vão responder: “Ela é louca pela Disney!!”. E os outros 10% falarão alguma variação do tipo “Ela ama a Disney.” ou “É uma Disney freak.”
Mas na verdade nem é bem assim. Tem muita gente muito mais viciada que eu (povo doido! Haha) e inclusive as coisas eram completamente diferentes na minha infância e adolescência. Naquela época, achava o Mickey chato e nunca tive o sonho de visitar os parques da Disney. Sempre quis conhecer os Estados Unidos, mas minha vontade era de ir para NY ou LA, Orlando nem passava pela cabeça.

Trabalhando na Disney
Foi aí que por meio de uma amiga (thank you so much, Ju!!!) fiquei sabendo do ICP (International College Program) e logo me interessei. Afinal de contas, eu trabalhando na Disney! Ou seja, eu poderia realizar meu sonho de ir aos States e ter uma empresa de peso no meu currículo (além de ser um dos programas de trabalho no exterior mais baratos do mercado). Após duas viagens de Uberlândia, MG (onde eu morava e fazia faculdade na época) para São Paulo; palestra e entrevista com a STB; outra palestra e mais uma entrevista com a Disney; aplicação e entrevista para o visto americano (opa, isso quer dizer que teve uma terceira viagem pra Sampa), enfim embarquei para o mundo mágico.
Aí pronto, o resto da minha vida tomou um rumo antes inimaginável. Nasceu uma grande paixão! Tão grande que o ICP 2006/2007 não foi suficiente, e voltei para o extinto J1 Academic 2007/2008 e o Super Greeter (ou International Park Greeter) 2011. Trabalhando na Disney
Trabalhei com entretenimento, virei amigona do Mickey (tipo bff mesmo!), participei de paradas, “festei” com outros cast members (assim que os funcionários de lá são chamados, que significa membros do elenco pois a Disney trata a empresa como se fosse um grande show), brinquei com diversos personagens e guests (esses são os visitantes, que são tratados como convidados, tradução da palavra guest), passei calor (muuuuuuuito!! Pensa em 40° na sombra com humidade de 276% hahaha), tomei chuva demais (imagina uma bucket challenge com um balde do tamanho de Manhattam. Essa é a ideia), participei de momentos de pura magia, consegui criar um pouco de magia também, vi cenas lindas e incríveis, conheci meus melhores amigos!! Ah, chorei horrores em cada despedida também.

  Enfim, ser cast member (uma vez CM, sempre CM) é muito mais do que poderia imaginar. É mais que viagem aos EUA. É mais que upgrade no cv. É mais que conhecer parques e personagens que crescemos vendo na TV. É uma experiência de vida. Uma experiência que me fez crescer, abrir a cabeça e expandir meus horizontes. Uma experiência que recomendo a todos. Uma experiência única e maravilhosa que eu repetiria pelo menos umas 10 mil vezes mais.

 

Obrigada Patrícia!! Adoramos!

Estão gostando dos relatos sobre como é a vida de um Disney Cast Member? Se você já trabalhou na Disney, e quiser compartilhar sua experiência conosco, envie um email para marketing@orlandoticketsonline.com.br com sua história e mais quatro fotos! Quando completarmos 30 depoimentos, faremos o sorteio de um iPad entre os 30 participantes! 🙂

Veja mais:

Um abraço,

Equipe OTO